sexta-feira, 2 de agosto de 2013

O terceiro trimestre e gestação




 A reta final da gravidez: no 7° mês seu bebê já pode ter ultrapassado 1 kg, no 8° ele pode ter entre 1 kg e meio a 2 kg e no 9° mês ele provavelmente estará com quase 3 kg. No nascimento pode chegar até 4 kg (dependendo muito da genética do casal).

Contagem dos meses na gestação: Tecnicamente, se formos contar de 4 em 4 meses, o nono mês dá com 36 semanas de gestação. Mas o nascimento acontece até a 40ª semana (em alguns casos se estende até a 42ª). Isso acontece pois os médicos costumam calcular o tempo de gestação de acordo com a data da última menstruação (e não da fecundação ), ou seja, quando você ainda não está gravida. A fecundação acontece no período de ovulação entre a segunda até a terceira semana após a menstruação, e ainda tem os casos das mulheres que não lembram a data da última menstruação e chutam qualquer data pro médico ( Tipo eu! hehehe). Por isso dá esta "errinho" na contagem das semanas.
Esse calculo também pode ser feito por ultrassom medindo o tamanho do saco gestacional ou do embrião, quanto antes for feito mais preciso será o resultado.

É o momento de maior mudança corporal tanto pra mãe quanto pro bebê, os dois ganham bastante peso nessa fase. Essa mudança traz consigo alguns sintomas indesejáveis como inchaço nas pernas e pés, cãimbras, dor nas costas, varizes. A pressão da barriga sobre o estômago, diafragma e bexiga causam, respectivamente, azia, falta de ar e sensação de estar sempre com vontade de fazer xixi. Todos os sintomas citados acima trazem uma boa dose de insônia no terceiro trimestre, há quem diga que já é uma preparação para as noites sem dormir que virão após o nascimento e isso faz todo sentido! :)
O cansaço é extremo! Se for possível, tente dar uma diminuída no ritmo de trabalho (carregar peso nem pensar) e peça ajuda nos afazeres domésticos. Mãe, amiga, vó, vizinha...não tenha vergonha de pedir ajuda!


A ansiedade é grande e motivos não faltam para fazer do terceiro trimestre os meses mais difíceis de toda gestação. Muitos pensamentos e emoções passam pela nossa cabeça: Como será a hora do parto?  Como são as contrações? Será que o pós parto vai ser complicado pra mim? Vou me adaptar à rotina com um recém nascido? Como darei conta da casa (e dos outros filhos)? O bebê está quase chegando e muita coisa ainda não está pronta! Será que meu neném vai mamar bem?...Todos esses questionamentos e a ansiedade são perfeitamente normais e passam pela cabeça de toda mamãe ( principalmente das de primeira viagem).
Se informe o máximo que puder, procure sites e livros especializados sobre os assuntos que mais lhe atormentam isso ajuda a driblar a ansiedade. Conversar com pessoas de confiança também ajuda muito( mas lembre-se que cada um vai tentar te ajudar a partir de suas experiências pessoais, então filtre bem o que será útil ou não pra sua realidade). Falta algum preparativo? Mala de maternidade? Lembrancinhas? Cortina do quartinho? Então faça já o que é prioridade pra você! (ou delegue alguém pra fazer hehehe) ver as coisas prontas também ajuda a acalmar e se não der pra fazer, não deu ué!!! Seu bebê não precisa de enfeite de porta bonitinho pra ser mais feliz.

Muita calma nessa hora! Curta os últimos momentos com o barrigão, acaricie e converse bastante com seu bebê! Falta pouco pra ter seu tão esperado e desejado filho(a) nos seus braços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário