domingo, 11 de agosto de 2013

Os pais da minha vida

Na minha vida toda, sempre tive a sorte de conviver com figuras paternas maravilhosas, e hoje sou muito grata por todos eles.


Começando pelo meu pai, Valdeci, que é o homem mais generoso que já conheci, não sabe dizer não pra ninguém, tão sensível que chora ao ver noticiários. Mesmo separado da minha mãe desde que eu tinha 1  ano nunca foi um pai ausente, me ligava diariamente, participativo, visitava e me levava na casa dele sempre que podia. Ele é deficiente visual desde a adolescência mas nem por isso deixou de fazer nada nem de ir a lugar algum por causa disso, trabalhou muitos anos e se aposentou como auxiliar de enfermagem, hoje ele adora mexer nessas coisas de construção e é um baita d'um avô coruja.


Meu avô materno, Taciano (1ª foto) já faleceu, mas quem o conheceu nunca esquecerá do quanto ele prezava pela família. Fazia de tudo para ver todos bem e a família sempre reunida, apesar da distância que o separavam de alguns filhos e netos. Ás vezes ele era um pouco rígido conosco, mas talvez eu também aprontasse demais com meus primos, mas fazia parte do jeito dele de querer sempre as coisas certinhas.
Meu avô paterno, João (2ª foto), tem um humor fora de série, respostas pra tudo na ponta da língua, praticante de bulling, pasmem, com os próprios netos! Mas de um jeitinho fofo que não me traumatizou rsrs As más línguas diziam que ele guardava dinheiro embaixo do colchão, deve ser por isso que ele sempre tinha uma moedinha pra dar gente comprar doce.


E pra finalizar minhas homenagens de dia dos pais, meu sogro Manoel, e meu marido e papai recente Wagner. Meu sogro faz o tipo marido que toda mulher quer ter, diz amém pra tudo que minha sogra fala! kkk brincadeira, mas ele é um apaixonado assumido mesmo. Super protetor da neta, quando vem aqui em casa só se ouve: Cuidado! Machuca! Vai cair! Outro vovô coruja.
Meu marido tem aprendido a ser pai assim como eu a ser mãe, e leva jeito pra coisa viu! Tem uma paciência do tamanho do mundo ( invejo tanto isso nele! kkk). É o seu segundo dia dos pais mas tenho certeza que este será mais marcante pois a Bel já consegue demonstrar carinho, com beijinhos e abraços, quem sabe ano que vêm não role um " Feliz dia dos pais, papai!".

3 comentários:

  1. Linda matéria Dre, parabéns... e realmente vc sempre foi privilegiada de conhecer esses pais maravilhosos.... bjosssss

    ResponderExcluir
  2. Lindo post. Feliz dia dos pais. Eu agradeço o carinho e os comentários no Recanto das Mamães Blogueiras. Beijocas Cris Chabes

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem de dia dos pais. Fiquei feliz por vc ter seu pai sempre presente mesmo estando separado, muita gente não sabe o que é isso não é mesmo. Beijinhos querida, Seja sempre bem vinda no meu cantinho.

    ResponderExcluir