segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Pico de desenvolvimento e salto de crescimento

Tenho percebido minha filha diferente nesta semana,ela que sempre foi de se distrair fácil com brinquedos ou correndo pelo quintal, agora não me deixa parar pra lavar uma louça que já vem pedindo colo, esta super manhosa, chorosa, querer dormir o tempo todo e quando dorme só fica na cama 10 minutinhos. Quando ela era RN eu pesquisei bastante sobre os picos de crescimento e saltos de desenvolvimento que ocorrem com os bebês, só que eu não sabia que costumava acontecer com bebêzões ( 1 ano e 7 meses) como no caso da Isabel.

Os picos de crescimento podem acontecer por volta dos:

7 a 10 dias
2 a 3 semanas
4 a 6 semanas
3 meses
4 meses e
9 meses

Eles podem durar poucos dias ou algumas semanas, é um momento que o bebê tem necessidade de mamar mais para suprir suas necessidades de crescimento.
Os bebês que passam pelo pico de crescimento pode passar horas mamando ( de verdade!), quando isto acontece algumas mães começam a questionar se o leite esta sendo suficiente, se não está fraco ou se o bebê é muito faminto.
Seja persistente! De todo o peito que seu filho precisar e evite ao máximo as fórmulas e os engrossantes. Essa fase passa rápido e ele logo voltará a mamar como antes.

Os saltos de desenvolvimentos podem acontecer por volta dos:

5 semanas a 1 mês
8 semanas a quase 2 meses
12 semanas a quase 3 meses
19 semanas a 4 meses e meio
26 semanas a 6 meses
30 semanas a 7 meses
37 semanas a 8 meses e meio
46 semanas a quase 11 meses
55 semanas a quase 13 meses
64 semanas a quase 15 meses
75 semanas a 17 meses

No salto de desenvolvimento o bebê se sente perdido por estar adquirindo novas habilidades tão rapidamente, tende retroceder à sua base, ou seja, à mãe.
Nessas fases os bebês demandam muita atenção e colo então é importante proporcionar isso à eles, não fique com medo de "mal acostumar"o bebê, seu filho se tornará mais confiante se você suprir essas necessidades afetivas. Para fazer outras coisas como cozinhar, ficar no computador, varrer a casa invista nos slings. Foi muito útil pra mim! Ele permite que você fique com o bebê coladinho e deixa suas mãos livres para outras coisas.
Ele pode começar a comer mal ou não comer nada. Se já come papinha ou comida volta a mamar mais mamadeira ou peito. Por aqui esta fase aconteceu por volta dos 10 meses, ela só queria saber de mamadeira e minhas papinhas deliciosas (cof!cof!) eram deixadas de lado, como eu não sabia o que estava acontecendo ficava bem frustrada.
Também é comum  que o sono do bebe se modifique, passe a acordar mais vezes e dormir pouquinho à noite e nas sonecas. Mais uma vez...paciência! Esta fase passa rápido!
Após estas crises é comum observar habilidades novas nos bebês como sorrir, rolar, engatinhar, andar.


Tirei essa foto quando ela tinha uns 10 meses. Eu mesma tirei tá gente! hahaha pra ninguém pensar que alguém estava me trolando tirando foto invés de lavar louça no meu lugar! kkkk
Bom, está foto ilustra um dos saltos de desenvolvimento pelo qual passamos, neste dia ela não queria ficar no chão brincando de jeito nenhum, eu estava com a casa revirada e as visitas perto de chegar, tive que recorrer ao meu, na época aposentado, sling. Depois desta fase ela aprendeu à andar, tinha 11 meses, é impressionante como depois dos saltos é possível observar eles aprendendo a fazer coisas que antes não faziam.
Agora me resta aguardar esse novo salto passar dando muito amor, carinho, atenção! Quem sabe daqui uns dias sua nova habilidade adquirida seja a tagarelice?! Não vejo a hora! rs

2 comentários:

  1. Informação é tudo de bom, né?! Como é bom saber o que está acontecendo com a sua filha, que é só fase, normal. E que ela continue crescendo com saúde!
    Beijos,
    Rita
    http://melancianabarriga.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rita! Sabendo que é fase a gente se tranquiliza. Obrigada!

      Excluir